Sábado, 2 de Abril de 2011

Capitulo 3- Familia

 

 

Miley

 

- Mãe, pode dizer ao Justin para tirar aquele sorriso estúpido da cara? – Pedi-lhe.

- Miley, deixa o teu irmão. Mas o que é que se passa contigo Justin?

- Não é nada mãe. – Respondeu o meu irmão.

- É sim, desde que viu a nossa vizinha do lado que anda assim. – Sorri.

- Aí que o nosso maninho anda apaixonado. – Brincou Joe, o meu outro irmão.

- Mãe, pode dizer-lhes para se calarem? – Pediu Justin.

- Meninos. – Eles calaram-se. – Mas conta lá Justin o que se passa com essa tal rapariga.

- Não é nada mãe, eles estão a brincar. E só a conheci hoje.

- Não interessa. – Olhei para a minha mãe. – Devia ter visto a cara dele quando ela começou a cantar.

- Ela canta? – Perguntou a minha mãe.

- Sim e muito bem. – Respondeu Justin e sorriu.

- Mãe, ele está a faze-lo outra vez. – Ri-me.

- Mas olhe, devia ter visto a cara da Miley, quando o irmão dela apareceu, só faltou babar-se. – Brincou o Justin.

- Mãe. – Mandei-lhe com uma almofada á cara.

- Então quer dizer que eu fico sem ninguém? – Perguntou Joe.

- Exactamente, ninguém te quer. – Ri-me.

- Miley. – Riu-se a minha mãe. – Então, estou a ver que tenho de trazer esses meninos cá a casa para um almoço.

- Nem pense mãe. – Respondi eu e o Justin.

- Então porquê?

- Olhe mãe, eu não me importo. – Referiu Joe.

- Mas eu sim. – Contrariei eu e o meu irmão.

- Finalmente juntos em alguma coisa. – Disse a minha mãe, rindo-se. – Mas são de Portugal certo?

- Sim, que fica ao lado de Espanha. – Respondeu o meu irmão.

- Justin como sabes isso? – Perguntou a minha mãe boquiaberta.

- Mãe, ele só sabe porque eu lhe disse lá fora. – Disse-lhe.

- Bem, já estava a ver que o teu irmão andava a estudar.

- Acha mãe? – Brincou o meu irmão Joe. – Se ele não tivesse talento para a música, coitado dele, ia acabar nas ruas.

- Joseph nem digas uma coisa dessas. – Ralhou a minha mãe mas mais tarde sorriu. – Deves ter razão. – Rimo-nos todos menos Justin.

- Era suposto defender-me mãe.

- Tens razão Justin, desculpa pela piada. – Sorriu. – E Miley o que se passa com o tal rapaz? Ainda és muito nova para namoros.

- Mãe, por amor de Deus, só o conheci hoje e acho que já tenho idade suficiente para namorar.

- Só vais começar a namorar quando eu te autorizar. – Disse o meu pai, fechando a porta principal, tirou o casaco e pendurou-o no cabide, encostou a sua mala de viagem á parede e atirou as chaves para cima de uma mesa que lá se encontrava.

- Pai. – Gritei. Levantei-me do sofá juntamente com os meus irmãos e a minha mãe. Abracei-o. – Tinha tantas saudades suas. – Desencostei-me dele.

- E eu tuas amor. – Beijou-me a testa. – Fiquei dois meses fora e já cresceste assim tanto? – Riu-se.

- Pai, não tem piada, eu posso não ser muito alta mas tenho grandes capacidades. Aliás eu não sou baixa, vocês é que são muito altos. – Ri-me.

- Tens razão amor. – Sorrio e olhou para os meus irmãos. Dirigi-me ao sofá e sentei-me. – Joe, já está um homem filho. – Abraçou-o. – E andaste no ginásio?

- Não, não andei pai. Eu sou giro e bonito de corpo de nascença.

- És tal e qual o teu avô. – Brincou o meu pai e olhou para Justin. – E tu filho, também cresceste imenso, estás quase maior do que o teu pai. – Riu-se.

- Só se cresceu fisicamente porque psicologicamente. – Disse que olhando para as minhas unhas.

- Que piada Miley, e tu continuas a comprar os pijamas na loja das criancinhas de idade entre os doze e catorze. – Nick riu-se juntamente com Joe, e deram um “mais cinco” um ao outro.

- Aí já me estou a rir. – Mandei-lhe com a almofada do sofá.

- Vá meninos parem lá de discutir uns com os outros. – Ralhou o meu pai. – E Miley vem apanhar a almofada.

- Ou? – Perguntei-lhe olhando para ele em sinal de desafio.

- Ou ficas sem computador. – Sorri.

- Está bem. – Resmunguei e levantei-me, apanhei a almofada e de seguida dei um pequeno murro no ombro de Justin.

- Miley. – Ralhou mais uma vez o meu pai.

- Desculpa Justin. – Disse contrariada.

- Está desculpada filha. – Riu-se o meu irmão.

- Justin pára com isso. – Disse-lhe o meu pai.

- E eu George? Não sou ninguém? – Perguntou a minha mãe na brincadeira.

- Claro que és querida. Vem cá. – Chamou-a, ela levantou-se e dirigiu-se a ele. O meu pai puxou-a pela cintura e beijou-a.

- Por favor não. – Disse o meu irmão Justin tapando a cara.

- Sim, realmente, façam isso noutro lugar. Não em público. – Concordei eu.

- Até parece que a Miley não faz isto com ninguém. – Disse Joe.

- Repete lá? – Pediu o meu pai.

- Não ligue pai, ele não tem mais nada que fazer. – Disse-lhe eu a tentar contradizer Joe.

- Pois sim. – Disse o meu pai a fingir que eu tinha razão. – E onde está o menino mais novo da casa?

- Está a dormir George. A fazer uma pequena sesta. – Respondeu a minha mãe sorrindo.

- Já está com que idade? Quatro anos certo? Idade de anjo. – Abraçou a minha mãe.

- Se anjo quer dizer, puxar-me o cabelo, então sim, podemos dizer que é um anjo. – Disse eu.

- Anda cá princesa. – Chamou-me, levantei-me e fui ter com ele. – Vá, abraço de grupo. – Todos se aproximam e abraçam-se.

- Então e eu? – Perguntou o meu irmão Jake enquanto descia as escadas, fui ter com ele e peguei-lhe ao colo.

- Dormis-te bem? – Perguntei-lhe.

- Sim.

- Vá agora, um abraço de família. – Disse o meu pai com um enorme sorriso na cara. Abraçamo-nos todos durante mais ou menos dez segundos.

- Já está bom, estou a sufocar. – Disse o meu irmão Justin rindo-se.

- Sim, realmente estamos a ficar muitos. Vocês têm de parar. – Disse eu apontado para eles.

- Não prometo nada. – Disse o meu pai beijando a minha mãe.

- Não. – Disse eu em coro com os meus outros irmãos virando a cara. Acabamos por nos rir imenso.

- Então do que é que vocês estavam a falar? – Perguntou o meu pai sentando-se no sofá.

- A Miles e o Justin estão apaixonados. – Disse enquanto se atirava para o sofá.

- Mentira. – Disse pousando o meu irmão no chão.

- Sim, mentira. Não acredite dele pai. – Apoiou-me o meu irmão.

- Sim, não acredite pai. Esta conversa já me começa a irritar, vou lá para cima. – Disse eu começando a subir as escadas.

 

 

by Emily Jones ♥ às 15:05
link of the post | give a star | favorito
19 comentários:
De Love Hobbies a 2 de Abril de 2011 às 15:18
ameiiii!


De Matilde a 2 de Abril de 2011 às 15:26
Está lindo ;D
Posta mais^^


De C;soares:O a 2 de Abril de 2011 às 15:47
ai o amor é tão lindo , so cute *_*


De Love Hobbies a 2 de Abril de 2011 às 18:09
:) adrttt


De C;soares:O a 2 de Abril de 2011 às 18:54
Oh de nada :D


De Beatrice @ a 2 de Abril de 2011 às 19:51
És uma querida *.* posta tu também $:,estousimplesmente a amar


De Catie ♥ a 2 de Abril de 2011 às 20:31
Tipp , palavras para que ? *-*


De CarinhasPiqena a 2 de Abril de 2011 às 20:44
Amei *.*
Tenho um novo post :P


De tmendre a 3 de Abril de 2011 às 02:25
Amei muito bom amore
Gostei da parte da familia
Me lembra a minha *-*
Beijos
Peace&Love


De Love Hobbies a 3 de Abril de 2011 às 10:40
Bom-dia!


give a star

about me

search on my blog

 

archive

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

another posts

Personagens [boys]

Personagens [Girls]

Nova Fic

2º capitulo; divulgação; ...

1º capitulo; informações;...