Sábado, 2 de Abril de 2011

Capitulo 3- Familia

 

 

Miley

 

- Mãe, pode dizer ao Justin para tirar aquele sorriso estúpido da cara? – Pedi-lhe.

- Miley, deixa o teu irmão. Mas o que é que se passa contigo Justin?

- Não é nada mãe. – Respondeu o meu irmão.

- É sim, desde que viu a nossa vizinha do lado que anda assim. – Sorri.

- Aí que o nosso maninho anda apaixonado. – Brincou Joe, o meu outro irmão.

- Mãe, pode dizer-lhes para se calarem? – Pediu Justin.

- Meninos. – Eles calaram-se. – Mas conta lá Justin o que se passa com essa tal rapariga.

- Não é nada mãe, eles estão a brincar. E só a conheci hoje.

- Não interessa. – Olhei para a minha mãe. – Devia ter visto a cara dele quando ela começou a cantar.

- Ela canta? – Perguntou a minha mãe.

- Sim e muito bem. – Respondeu Justin e sorriu.

- Mãe, ele está a faze-lo outra vez. – Ri-me.

- Mas olhe, devia ter visto a cara da Miley, quando o irmão dela apareceu, só faltou babar-se. – Brincou o Justin.

- Mãe. – Mandei-lhe com uma almofada á cara.

- Então quer dizer que eu fico sem ninguém? – Perguntou Joe.

- Exactamente, ninguém te quer. – Ri-me.

- Miley. – Riu-se a minha mãe. – Então, estou a ver que tenho de trazer esses meninos cá a casa para um almoço.

- Nem pense mãe. – Respondi eu e o Justin.

- Então porquê?

- Olhe mãe, eu não me importo. – Referiu Joe.

- Mas eu sim. – Contrariei eu e o meu irmão.

- Finalmente juntos em alguma coisa. – Disse a minha mãe, rindo-se. – Mas são de Portugal certo?

- Sim, que fica ao lado de Espanha. – Respondeu o meu irmão.

- Justin como sabes isso? – Perguntou a minha mãe boquiaberta.

- Mãe, ele só sabe porque eu lhe disse lá fora. – Disse-lhe.

- Bem, já estava a ver que o teu irmão andava a estudar.

- Acha mãe? – Brincou o meu irmão Joe. – Se ele não tivesse talento para a música, coitado dele, ia acabar nas ruas.

- Joseph nem digas uma coisa dessas. – Ralhou a minha mãe mas mais tarde sorriu. – Deves ter razão. – Rimo-nos todos menos Justin.

- Era suposto defender-me mãe.

- Tens razão Justin, desculpa pela piada. – Sorriu. – E Miley o que se passa com o tal rapaz? Ainda és muito nova para namoros.

- Mãe, por amor de Deus, só o conheci hoje e acho que já tenho idade suficiente para namorar.

- Só vais começar a namorar quando eu te autorizar. – Disse o meu pai, fechando a porta principal, tirou o casaco e pendurou-o no cabide, encostou a sua mala de viagem á parede e atirou as chaves para cima de uma mesa que lá se encontrava.

- Pai. – Gritei. Levantei-me do sofá juntamente com os meus irmãos e a minha mãe. Abracei-o. – Tinha tantas saudades suas. – Desencostei-me dele.

- E eu tuas amor. – Beijou-me a testa. – Fiquei dois meses fora e já cresceste assim tanto? – Riu-se.

- Pai, não tem piada, eu posso não ser muito alta mas tenho grandes capacidades. Aliás eu não sou baixa, vocês é que são muito altos. – Ri-me.

- Tens razão amor. – Sorrio e olhou para os meus irmãos. Dirigi-me ao sofá e sentei-me. – Joe, já está um homem filho. – Abraçou-o. – E andaste no ginásio?

- Não, não andei pai. Eu sou giro e bonito de corpo de nascença.

- És tal e qual o teu avô. – Brincou o meu pai e olhou para Justin. – E tu filho, também cresceste imenso, estás quase maior do que o teu pai. – Riu-se.

- Só se cresceu fisicamente porque psicologicamente. – Disse que olhando para as minhas unhas.

- Que piada Miley, e tu continuas a comprar os pijamas na loja das criancinhas de idade entre os doze e catorze. – Nick riu-se juntamente com Joe, e deram um “mais cinco” um ao outro.

- Aí já me estou a rir. – Mandei-lhe com a almofada do sofá.

- Vá meninos parem lá de discutir uns com os outros. – Ralhou o meu pai. – E Miley vem apanhar a almofada.

- Ou? – Perguntei-lhe olhando para ele em sinal de desafio.

- Ou ficas sem computador. – Sorri.

- Está bem. – Resmunguei e levantei-me, apanhei a almofada e de seguida dei um pequeno murro no ombro de Justin.

- Miley. – Ralhou mais uma vez o meu pai.

- Desculpa Justin. – Disse contrariada.

- Está desculpada filha. – Riu-se o meu irmão.

- Justin pára com isso. – Disse-lhe o meu pai.

- E eu George? Não sou ninguém? – Perguntou a minha mãe na brincadeira.

- Claro que és querida. Vem cá. – Chamou-a, ela levantou-se e dirigiu-se a ele. O meu pai puxou-a pela cintura e beijou-a.

- Por favor não. – Disse o meu irmão Justin tapando a cara.

- Sim, realmente, façam isso noutro lugar. Não em público. – Concordei eu.

- Até parece que a Miley não faz isto com ninguém. – Disse Joe.

- Repete lá? – Pediu o meu pai.

- Não ligue pai, ele não tem mais nada que fazer. – Disse-lhe eu a tentar contradizer Joe.

- Pois sim. – Disse o meu pai a fingir que eu tinha razão. – E onde está o menino mais novo da casa?

- Está a dormir George. A fazer uma pequena sesta. – Respondeu a minha mãe sorrindo.

- Já está com que idade? Quatro anos certo? Idade de anjo. – Abraçou a minha mãe.

- Se anjo quer dizer, puxar-me o cabelo, então sim, podemos dizer que é um anjo. – Disse eu.

- Anda cá princesa. – Chamou-me, levantei-me e fui ter com ele. – Vá, abraço de grupo. – Todos se aproximam e abraçam-se.

- Então e eu? – Perguntou o meu irmão Jake enquanto descia as escadas, fui ter com ele e peguei-lhe ao colo.

- Dormis-te bem? – Perguntei-lhe.

- Sim.

- Vá agora, um abraço de família. – Disse o meu pai com um enorme sorriso na cara. Abraçamo-nos todos durante mais ou menos dez segundos.

- Já está bom, estou a sufocar. – Disse o meu irmão Justin rindo-se.

- Sim, realmente estamos a ficar muitos. Vocês têm de parar. – Disse eu apontado para eles.

- Não prometo nada. – Disse o meu pai beijando a minha mãe.

- Não. – Disse eu em coro com os meus outros irmãos virando a cara. Acabamos por nos rir imenso.

- Então do que é que vocês estavam a falar? – Perguntou o meu pai sentando-se no sofá.

- A Miles e o Justin estão apaixonados. – Disse enquanto se atirava para o sofá.

- Mentira. – Disse pousando o meu irmão no chão.

- Sim, mentira. Não acredite dele pai. – Apoiou-me o meu irmão.

- Sim, não acredite pai. Esta conversa já me começa a irritar, vou lá para cima. – Disse eu começando a subir as escadas.

 

 

by Emily Jones ♥ às 15:05
link of the post | favorito
De CarinhasPiqena a 2 de Abril de 2011 às 20:44
Amei *.*
Tenho um novo post :P


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

about me

search on my blog

 

archive

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

another posts

Personagens [boys]

Personagens [Girls]

Nova Fic

2º capitulo; divulgação; ...

1º capitulo; informações;...